Trade Marketing e o futuro do varejo

falamos antes sobre a importância do trade marketing para empresas. Agora, vamos discutir e entender: por que ele está ficando cada vez mais importante dentro do varejo? Para responder essa pergunta, temos que contextualizar algumas coisinhas antes.

Primeiro, o canal (seja ele on ou offline) é relevante e temos que estar atentos. Há algum tempo, pensaram que a loja física estaria extinta, mas não foi bem o que aconteceu. Somente em 2018, o número de consumidores passou de 55% para 61%. Isso mostra o quanto o meio de compra está se tornando cada vez mais relevante.

Dito isso, uma vez que o shopper se torna “omnishopper” e sua jornada de compra passa por diferentes canais, o preço já não tem mais tanta relevância como costumava ter. Isso apenas comprova a necessidade de criar estratégias que integrem as ferramentas digitais com as ferramentas offline. Afinal, cada vez mais o processo de compra deixa de ser uma ação impulsiva para ser algo que vem de uma reflexão.

Mas, o que o trade marketing tem a ver com tudo isso?

Absolutamente tudo. Com toda essa movimentação dentro do varejo, o trade marketing precisa tornar cada vez mais customizado. Estratégias integradas e personalizadas tendem a ser o foco. Jamais podem tratar o consumidor como “apenas mais um”.

Além de demonstrar os produtos, as lojas físicas devem ter um algo mais, para que o cliente tenha vontade de ficar ali. Tudo isso faz parte do trabalho do trade marketing que vai estudar os movimentos do consumidor para mapear as melhores estratégias.

Conforme o varejo vai evoluindo, o trade marketing cresce logo atrás, se moldando às novas necessidades do mercado. No atual momento, o maior desafio é justamente a discussão entre off e online. A abordagem ideal vai além dessas discussões e integra as duas formas em uma única estratégia. Fazendo essa integração, a eficiência das vendas melhora e acelera significativamente.

Cada vez mais, podemos observar um crescimento do trade marketing no Brasil. Nosso país tem um grande mercado, com uma grande população consumidora. Tanto que, para marcas internacionais conhecidas, o Brasil é um mercado a se pensar na hora de fazer um investimento e chegar com força para os consumidores. Outra função, é justamente fazer a nacionalidade da marca trabalhar a seu favor.

Quer ver mais conteúdos do nosso blog? Clica aqui!

Abraços,

Equipe Thatto

Fernanda Pilão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *