Marketing para pequenas empresas

marketing em pequenas empresas

Pequenas empresas que não possuem uma estratégia de marketing, nunca se tornarão grandes negócios! Marketing, marketing digital e inovação tecnológica são termos que precisam fazer parte da cultura da empresa, ainda mais com o constante avanço que temos observado nos últimos anos com relação à comunicação e tecnologia.

A Associação de Marketing Promocional (Ampro) constatou, com pesquisas aplicadas em 80% do território nacional, que 61% das empresas brasileiras que não possuem marketing pretendem aderir e investir até 20% em uma estratégia do tema. 

Pequenas empresas

Problema enfrentados

Um dos maiores problemas para a implementação do marketing tradicional e digital em pequenas empresas fica por conta da falta de conhecimento sobre o assunto e a falsa impressão de que não traz retorno. Esses empecilhos acabam afastando as pequenas empresas do mercado digital, trazendo grandes problemas e até a falência de negócios aparentemente promissores. 

As expectativas em cima do planejamento estratégico para o marketing digital e tradicional normalmente são grandes e mensuráveis. Separamos algumas vantagens em curto e longo prazo com relação à estratégia de digital.

 

Vantagens do marketing digital em curto prazo:

• Alcance exponencial em redes sociais

• Descoberta de novos mercados dentro da sua segmentação

• Análise de público

• Conhecimento e desenvolvimento de uma linguagem correta com o consumidor

• Mensuração de dados analíticos em tempo real

 

Vantagens do marketing digital em longo prazo:

• Fortalecimento de marca

• Reconhecimento e branding

• Faturamentos e fechamentos superiores ao esperado

• Desenvolvimento de uma cultura de inovação dentro da empresa

• Possível observar os mercados em ascensão

 

Observamos também uma relação entre investimentos sobre marketing digital e o tradicional. Podemos encontrar uma forte tendência ao desenvolvimento das estratégias voltadas ao mercado digital e de inovação. Essa relação de valor é baseada em cota de investimento para o setor:

 

  • Empresas de produtos B2B: +11,4% em marketing digital e -3,6% em marketing tradicional
  • Empresas de serviços B2B: +11,9% em marketing digital e -0,4% em marketing tradicional
  • Empresas de produtos B2C: +18,6% em marketing digital e -1,9% em marketing tradicional
  • Empresas de serviços B2B: +14,9% em marketing digital e -2,3% em marketing tradicional

(Pesquisa feita por “The CMO Survey: Fall 2019”) 

 

Cultura da inovação e a empresa

“A inovação é o que distingue o líder de um seguidor” – Steve Jobs

Ainda sobre a cultura das empresas, podemos pegar exemplos de companhias pequenas estagnadas há anos por falta de inovação (em alguns casos, o que realmente falta é a visão empreendedora dos caminhos que o mercado vem tomando).

Para 2020 podemos observar o crescimento exponencial de novos empreendedores, tanto pela situação atual do país (com relação às taxas, juros, governo e situação financeira) quanto pelas facilidades em abrir uma empresa hoje em dia (a redução da burocracia no processo de abertura de empresa e o aumento no número de negócios que abrem CNPJ). 

Esses novos entrantes do mercado já estão começando com uma cultura de inovação que representa a implementação de novas tecnologias e estratégias mais atualizadas e que condizem com a prática de marketing digital. 

Sendo assim, podemos constatar que as pequenas empresas que não aderem ao novo mercado estão a mais um passo do fracasso. 

Em um outro conteúdo, nós contamos sobre a melhoria contínua que é a estratégia japonesa para constante evolução de um negócio. A ideia principal em cima dessa técnica é, todos os dias, criar alguma inovação dentro do seu ambiente de trabalho ou pessoal, pode ser uma melhoria física como o melhor aproveitamento de espaço dentro de uma sala ou até mesmo a otimização na linha de distribuição de certo produto e/ou serviço.

pequenas-empresas

 

Como funciona o marketing para pequenas empresas

 

O processo de implementação de marketing tanto tradicional quanto digital em uma empresa é algo razoavelmente simples, mas requer muita atenção! Em um primeiro momento você deve observar a parte interna do seu negócio, analisar o seu produto, as fraquezas e vantagens competitivas com relação ao seu concorrente. Logo na sequência você já começa a observar e estudar o seu público-alvo e a persona. 

 

Depois de definir esses pontos, você já pode pensar em uma estratégia de comunicação e como a sua marca deve ser vista e lembrada pelos clientes. Por conta da dificuldade de algumas etapas da implementação do marketing, a maioria da pequenas empresas costumam contratar uma agência especializada em resultados como a Thatto.

 

A agência pode auxiliar em toda a parte de planejamento, estratégia, visual,  de divulgação como campanhas em plataformas de pesquisa, análises de palavras-chave, otimização de sites e redes sociais e comunicação com o público. 

 

Resumidamente, o trabalho de uma agência igual a Thatto é feito de ponta a ponta, facilitando assim a vida do empreendedor e deixando ele com mais tempo livre para pensar em outras questões do empreendimento.

 

 

Analisando o seu negócio

 

Além da implementação das estratégias de marketing, planejamento de ações e estudo de público-alvo, é preciso ficar de olho no desempenho das ações tomadas. Uma das maiores vantagens do marketing digital é justamente a facilidade em mensurar esses dados, gerar gráficos analíticos sobre desempenho,  tornando assim mais fácil de descobrir quais caminhos precisam ser tomados. Se você já tem uma empresa e quer aproveitar para analisar de forma gratuita a sua presença digital e desempenho, preencha o nosso formulário aqui. 

 

 

Mercados que se abriram para o marketing

 

Cada vez mais, segmentos que não haviam explorado o mercado digital estão se tornando mais presentes nele, por conta de algumas mudanças de leis, descobertas de novas oportunidades, entendimento da disseminação de conteúdos nas redes sociais e avanços das estratégias de marketing. Tudo isso tem se tornado mais comum em empresas de nichos específicos. Veja alguns exemplos:

 

 

  • Marketing no Mercado farmacêutico

 

Grandes players do mercado farmacêutico entrando no marketing digital influenciados pelos avanços da tecnologia e novas tendências em comunicação digital como blogs, fóruns, redes sociais etc.

 

  • Marketing para Advogados

 

Em constante crescimento, advogados estão criando diversos conteúdos e materiais educativos referente à novas leis e, principalmente, sobre as leis digitais. Atualmente nasce uma nova vertente do marketing, o marketing jurídico.

 

  • Marketing para Psicólogos

 

Com a mesma premissa do marketing jurídico, o marketing criado para o setor de psicologia vem em uma curva de crescimento positiva e já conta com projetos de implementação de psicólogos online para auxiliar no tratamento de doenças mentais geradas pelos ambientes virtuais (depressão causada pelo bullying virtual, superexposição por conta das redes sociais…)

 

 

Esses são os principais pontos que as pequenas empresas precisam ficar atentas para não serem deixadas para trás pelos concorrentes. Além de admirar o presente, você precisa estar com a cabeça no futuro! A palavra inovação precisa estar no coração da sua empresa.

 

Se ficou com alguma dúvida, entre em contato, vamos bater um papo sobre o marketing digital e como ele influencia o mercado atual! 

 

Gostou do conteúdo? Compartilhe conhecimento!