A-commerce: evolução da automação no varejo

A automação nos processos do varejo já vem acontecendo a algum tempo. Não é de hoje que vemos sistemas como ERP, CRM, plataformas de análise de dados e outros. Essas tecnologias vêm agilizando cada vez mais processos e aumentando a eficiência das lojas, que dessa forma, elevam ainda mais o patamar, entre elas, está o a-commerce.

A-commerce, ou atomated commerce, é uma tendência dentro do varejo. Ela indica que os clientes buscarão cada vez mais praticidade, conveniência e personalização na hora de comprar. Nos próximos anos, poderemos ver impactos diretos da interação do consumidor e marca através das tecnologias de automação.

Tudo sobre o comércio automático (para aqueles que gostam de traduzir termos), também é sobre contexto. Dessa maneira, temos que entender em qual lugar da jornada de compra que está seu alvo. Então, oferecer a automação alinhada ao que ele precisa. Outra coisa é, seus consumidores passarão a terceirizar algumas etapas de sua jornada. Como? Fazendo uso de sistemas inteligentes que poderão pesquisar, negociar e até mesmo comprar.

A-commerce na prática

Chatbots, aqueles sistemas que utilizam a interface conversacional e permite que humanos e computadores interajam, certo? Então, eles podem ser configurados para enviar uma resposta ou comando automático de acordo com a solicitação. O que é interessante aqui é: não é preciso acessar site ou baixar apps para interação. Ele pode usar os canais que já utiliza tradicionalmente, como Facebook e Whatsapp.

Além dos chatbots, que já são uma baita sacada, o a-commerce também promete trazer a facilidade e rapidez das vendas online para a loja física. Exemplo disso é a Amazon Go, loja física da Amazon, que aceita pagamentos por dispositivos móveis, usando tecnologias avançadas como inteligência artificial e visão computacional.

Ficou com vontade de acompanhar essa tendência? Então, aqui vão algumas dicas para você!

– Comece com as informações que você já tem hoje para automatizar processos de compra;

– Fique de olho na popularização das ferramentas importantes para a evolução das vendas;

– Pense em como incluir plataformas digitais na loja física para melhorar a experiência de compra;

– Ofereça a possibilidade para o cliente comprar na internet. Pode ser um importante passo no caminho para oferecer processos mais automatizados de compra.

Gostou do nosso texto? Então, vem conferir mais conteúdos do nosso blog!

Abraços,

Equipe Thatto.

Fernanda Pilão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *