Conversão: como otimizar seus resultados

“Se o conteúdo é rei, a conversão é rainha”

Essa frase foi falada em 2008, por John Munsell, fundador da empresa Bizzuka. Ela ilustra a importância de atrair bons resultados para o seu negócio a partir das conversões. Na hora de gerar leads qualificados, você precisa estar preparado para fazer um trabalho que alinha estratégias certeiras de marketing digita e técnicas de inteligência de mercado para alavancar a sua performance.

O que é conversão?

Mas, vamos começar do começo e falar sobre o que é conversão. A taxa de conversão é um termo muito utilizado quando estamos falando sobre marketing digital, principalmente em casos de e-commerces e negócios que são essencialmente online. No contexto, conversões são basicamente vendas. Porém, além de medir esse tipo de variável, é um bom indicador na hora de entendermos como foi o alcance de uma campanha e a eficácia das estratégias utilizadas.

Quando podemos dizer que convertemos? Geralmente nós convertemos quando uma pessoa cadastra o seu e-mail para baixar um e-book, guia, infográfico. Quando um possível cliente solicita orçamento ou entra para sua base de leads para ter acesso às suas publicações e newsletters.

Tudo isso é porque, obviamente, você quer atrair clientes em potencial e criar meios para que essa pessoa avance nas etapas do seu funil de vendas, até que seja possível transformar esse potencial em uma venda. Porém, esse é um processo que requer atenção, criatividade e visão estratégica para acontecer na prática.

Tipos de conversão:

Direta – quando o visitante responde a alguma campanha da sua empresa e toma uma ação direcionada a compra, como reservar o horário para um serviço, ligar para o setor de vendas da empresa, concretizar a compra em qualquer e-commerce entre outros… Pode ser até quando ele compartilha algum material da empresa, gerando valor à marca, que chamamos de conversão social.

Indireta – não gera resultados imediatos, mas permite que a empresa crie um relacionamento com o lead e o trabalhe como cliente em potencial para fechar vendas no futuro. Ela acontece quando o visitante fornece dados pessoas, como nome, e-mail e telefone, em troca de conteúdo gratuito. Esses dados tanto podem ser passados para o setor de vendas, como entrar em um processo de nutrição de leads, de acordo com critérios colocados por você.
 
Como a taxa de conversão me ajuda a mensurar resultados?
 
Sempre há algum investimento em dinheiro ou até de tempo em uma empresa para o lançamento de uma campanha. Para você obter formas de entender exatamente o resultado do trabalho, de maneira mais precisa possível.

Você pode, por exemplo, criar uma Landing Page de uma promoção e impulsionar a mesma em algumas mídias. As pessoas irão começar a acessar a página, demonstrando interesse pelo conteúdo. Dessa forma, todos aqueles que acessarem a sua LP e tiverem interesse no tema, vão preencher um formulário, conforme sua estratégia para conseguir a conversão.
 

 
A cada período, a cada campanha, você avalia a quantidade de pessoas que converteram versus a quantidade total de visitas. Daí é só perseguir esse número para entender quantas de fato evoluíram para o fechamento. Assim, terá um entendimento mais preciso do retorno do seu investimento, seja ele em dinheiro diretamente ou tempo.
 
Como saber se minha taxa de conversão está boa?
 
Vai depender do seu mercado, já que existem comparações entre segmentos que podem dar um direcionamento melhor. O trabalho que seu time de Marketing faz para entender mais precisamente o que acontece com os visitantes que não convertem e entendam a conversão de todo o funil.

Em linhas gerais, a taxa de conversão é uma das métricas mais importantes em uma empresa e deve ser uma preocupação latente. É um número gerencial e de suma importância, que vai ajudar no direcionamento das ações de marketing da empresa — sem descartar o time de vendas, que terá a responsabilidade de trazer insights relevantes relacionados aos Leads que o marketing entrega, e assim entender a qualidade desses Leads e trabalhar constantemente nos ajustes dos critérios.

Se você quer aumentar sua taxa de conversão, mas se você ainda está perdido no assunto, a Thatto te ajuda! Vem conversar com a gente.

Quer ver mais conteúdos do blog? Então, confere aqui!

Abraços,

Equipe Thatto

Fernanda Pilão

Jornalista, formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Redatora da agência Thatto Comunicação, apaixonada por livros, séries e hqs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *