Melhoria contínua: gerando valor para empresa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Melhoria contínua: gerando valor para empresa

Melhoria contínua: a missão de baixar custos, aumentar a produtividade e gerar valor intangível para a marca. Uma técnica obrigatória na vida das empresas atuais. Por conta do crescimento acelerado dos setores e das concorrências, a busca pela melhoria contínua nunca foi tão requisitada e é com essa premissa que separamos as melhores dicas sobre esse conceito japonês, também conhecido como Kaizen.

“Hoje melhor do que ontem,
amanhã melhor do que hoje!”

O conceito de melhoria contínua (Kaizen) surgiu por volta de 1950. Logo após o fim da segunda guerra mundial, na qual o Japão se viu com uma série de problemas na economia e indústria, voltando assim aos princípios da cultura oriental que preza pela qualidade do serviço e do indivíduo, um dia após o outro, foi se reerguendo e reconstruindo o mercado. Esse processo de melhoria diária das empresas e dos indivíduos ficou conhecido como Kaizen.

Kaizen representa a mudança, a melhoria continua
Kaizen a sabedoria da Melhoria Contínua

Os pilares principais para mudança contínua dentro de uma empresa

  • Pequenas mudanças para grandes resultados

As novidades e mudanças devem ser feitas de forma gradual, sem oferecer ameaça à empresa e nem ao funcionário. Se trata de um estudo para que todos os dias alguma melhoria seja implementada. Dessa forma, em um espaço de tempo você, como dono de empresa ou funcionário, conseguirá perceber as grandes mudanças que ocorreram.

  • É um ciclo sem fim

As mudanças ocorrem de forma cíclica, baseadas em melhoria, análise de resultados, observação. Logo após as 3 etapas, podemos repeti-las. Dessa forma, a sua empresa se adapta às novas tendências e mantém-se atualizada.

  • Se trata de uma cultura

A implementação do Kaizen em uma empresa é algo variável com relação ao tempo. Existem empresas que com 1 mês de implantação da técnica já conseguem obter resultados positivos como também existem lugares que o Kaizen pode demorar até alguns meses para se tornar a cultura da empresa. Esse fator depende diretamente do tamanho da companhia e da forma que estão sendo implementadas as mudanças.

A lenda do tesouro de Bresa

Existe um conto muito interessante que representa bem a evolução e a melhoria contínua. 

Há muito tempo, existia um simples alfaiate que vivia em busca de tesouros. Ele almejava ser rico. Certo dia, andando pelas ruas próximas a casa dele, encontrou uma livraria com contos misteriosos e, entre eles, um o chamou a atenção – O Tesouro de Bresa – era um livro com muitas páginas, capa dura e com um ar místico. Logo comprou o livro e foi folhear, percebendo que ele tinha sido escrito em diversos idiomas distintos.

Em busca do tesouro que o livro escondia, o alfaiate decidiu decifrá-lo, aprendendo cada idioma que nele continha, conseguindo assim, traduzir boa parte. Por ter se tornado um linguista, acabou sendo convocado pelo rei para se tornar o tradutor oficial da corte.

Mas, ele ainda não tinha encontrado o tesouro. Até que se deparou com páginas com cálculos, logo foi estudar com os melhores numerólogos e matemáticos da região, adquirindo ainda mais conhecimento e se tornando cada vez mais famoso, conquistando assim o posto de primeiro ministro de sua cidade, trazendo grandes avanços para aquele lugar…“


Aos poucos, dia após dia, o simples alfaiate foi adquirindo conhecimento e conquistando sucessos e a riqueza que sempre almejou. Ele seguiu o processo de melhoria contínua, o mesmo que deve ser implementado em empresas! 

(O alfaiate descobre que o termo Bresa representa o ‘saber’)

Como o Kaizen pode melhorar minha empresa?

Como falado anteriormente, o Kaizen ou sistema de melhoria contínua, incentiva a equipe a encontrar as melhores soluções para otimizar a linha de produção, os prazos, atualizações e a melhor forma de reduzir os gastos da sua empresa sem perder a qualidade. 

Melhoria continua na empresa, entenda as vantagens
Empresas otimizam a cultura com Kaizen

Um exemplo interessante de constante mudança é a evolução do mercado digital. Do mesmo jeito que hoje é raro encontrar empresas que não possuem acesso à internet, empresas que não se preocupam em otimizar o desempenho e reduzir gastos provavelmente não existirão mais. 

Dentro deste cenário digital, o próximo passo a ser tomado pela empresa é a otimização da presença digital. Vamos falar sobre formas de implementar e otimizar o processo de melhoria contínua na sua empresa:

1 – Observe: o primeiro passo é a observação, por ela é possível identificar erros de organização, problemas de entrega de informação, lentidão em processos, gastos desnecessários…Procure em todos os departamentos, analise as informações e foque na otimização!

2  – Escutar os colaboradores:  as mudanças começam de dentro da empresa, então escute o que seus colaboradores têm a falar sobre os processos de cada setor e converse com todos da empresa sobre melhorias. Descubra os principais problemas e desafios que sua empresa está passando internamente.

3 – Análise: compile todas as informações que conseguir captar, analise cada possível gargalo em sua operação, pontue as mudanças e o tempo que levará para serem implementadas. Após feita toda essa análise, chegou a hora de executar o planejamento estratégico!

4 – Ação: hora de começar as mudanças! De uma forma suave, vá adaptando cada processo da sua empresa, o modelo de melhoria contínua precisa ser algo natural, algo que transforme a cultura da empresa.

5 – Mensuração: analise os dados, observe se a estratégia está trazendo o retorno esperado, capte os dados necessários para a mensuração do resultado. Com essas informações em mão, é possível encontrar os erros da estratégia e em tempo hábil corrigi-los.

6 – Correção: após coletar e analisar os resultados, é preciso ficar atento a qualquer possível erro que impeça o sucesso da estratégia.

7 – Ciclo: a melhoria contínua é um ciclo, ela deve ser feita diariamente para que com o tempo se torne a cultura da empresa de forma inovadora e constante.

Uma das principais causas de falência ou insucessos de empresas é a falta de inovação e pouca visão de mercado. Existem oportunidades em todos os setores e diversos caminhos a serem seguidos e desbravados, basta abrir os olhos para o novo e estar aberto a mudança contínua. Quer saber mais sobre empreendedorismo, marketing digital e estratégias para PDVs? Então não deixe de acompanhar as nossas novidades. Inscreva-se em nossa News.

Gostou do conteúdo? Compartilhe conhecimento!