Black Friday preparando: E-commerce – Guia Prático Pt 3

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Black Friday preparando: E-commerce – Guia Prático Pt 3

Este conteúdo faz parte de um guia rápido e prático sobre a Black Friday e como ela interfere no planejamento estratégico das empresas de comércio e varejo. Você pode ver a parte 1 aqui na qual falamos sobre a origem da data e como ela se popularizou no comércio. Já a parte 2 você pode ler clicando aqui, nele mostramos o cenário da Black Friday no Brasil e mais algumas dicas para alavancar vendas! Confira agora a terceira parte do guia prático sobre Black Friday:

e-commerce na black friday já e sucesso garantido
E-commerce na Black Friday

Preparando o e-commerce para as vendas

Como esperado, em 2019 o crescimento do e-commerce foi de mais de 30% em relação a 2018. Aqui no Brasil já foram realizadas diversas pesquisas relacionadas ao comportamento do consumidor e em todos os resultados de análise foi constatado a real intenção de compra pelas plataformas digitais, mas para que isso realmente aconteça, os sites de vendas pela internet precisam estar preparados para o alto volume de acessos. 

As empresas que estão com a intenção de gerar vendas na Black Friday pelo mercado digital precisam estar atentas a pontos importantes como: 

  • Velocidade da plataforma

O mesmo princípio de páginas da internet, quanto mais rápido for o seu site e e-commerce, melhor! A taxa de conversão (quando um cliente efetiva a compra) pode variar de acordo com o tempo que a página carrega. Se o site ou e-commerce demora mais de 3 segundos para carregar, a taxa de conversão reduz em 70%.

  • Disponibilidade de produtos

Venda apenas o que possui em estoque, caso a demanda seja grande e não haja estoque para os pedidos, acrescente uma informação no seu site como “poucas unidades” ou algo que informa o seu consumidor que os produtos estão “contados”. Assim a empresa evitará problemas futuros no pós-vendas como reclamações, atrasos na entrega e até a perda de clientes.

  • Correções nos códigos e problemas do site da empresa

Dê uma “geral” na plataforma, procure a fundo em todas as páginas, botões, imagens e direcionamentos do seu site, encontre erros e corrija. Uma das piores experiências para o usuário final é quando ele encontra problemas dentro da plataforma que está navegando, pois isso faz perder a credibilidade e, consequentemente, perder boas vendas.

  • Imagens com boa visibilidade e entendimento

No e-commerce uma das principais formas de conquistar a compra do cliente fica por conta das imagens dos produtos. Afinal, sem o auxílio tátil na hora da compra, o consumidor acaba direcionando a atenção para o visual, ou seja, ele não sente o produto, mas compra pela aparência dele. 

  • Peso da imagem

Como comentado nos tópicos anteriores, a imagem e a velocidade de carregamento da página do site se tornam um fator importante na hora da decisão de compra do cliente. Normalmente, as plataformas de vendas online (e-commerce) possuem um leque grande de produtos e cada um possui pelo menos 2 ou até mais fotos. Em uma conta simples, se o seu e-commerce possui 3 produtos, sendo apresentado 5 fotos para cada um, já temos 15 imagens que precisam ser otimizadas para não gerar um carregamento excessivo na página. Fique atento ao peso das imagens e otimize sempre que for necessário.

  • Segurança online

A implementação do comportamento de compras online não foi fácil, o consumidor brasileiro em especial é bem desconfiado quando o assunto é relacionado às compras digitais. Com isso em mente, priorize a segurança do seu site com relação aos dados do seu comprador, observe se o seu site é considerado seguro, vincule o seu e-commerce com plataformas de pagamento com cartão como Paypal, Pagseguro entre outras. Foque na segurança do seu consumidor sempre!

  • Clareza nas informações

Para evitar qualquer problema com o seu consumidor final, é preciso deixar as informações sobre o produto, condições de desconto, formas de pagamento e envio com a maior clareza possível. Não escreva em “letras miúdas” as especificações e condições das campanhas. A sua empresa precisa passar credibilidade e segurança para o cliente, caso contrário, provavelmente estará perdendo suas potenciais vendas.

  • Responsividade (site ajustável para aparelhos móveis)

Não só para o e-commerce, mas para qualquer plataforma online como blogs de conteúdos, sites e painéis, o layout responsivo é algo essencial na atualidade. O acesso a internet por aparelhos móveis já chega a superar o acesso com relação ao computador convencional (desktop). Pense em uma plataforma que já crie essa variações de página.

  • Aposte em marketplaces e cross selling 

Se o seu e-commerce não consegue tracionar de forma positiva sozinho, pense em divulgar seus produtos ou serviços em algum marketplace de peso, aproveite a oportunidade para desenvolver um cross selling entre produtos próprios ou até mesmo com os itens do marketplace, observe o ambiente e decida se é possível essa forma de parceria!

  • Objetivo, planejamento estratégico e Marketing Digital

Esse é um dos tópicos mais importantes, se você não preparar uma estratégia para as ações de marketing provavelmente não alcançará o objetivo proposto. Foque sua atenção no planejamento da estratégia de marketing que será distribuída, pense em e-mail marketing, call to actions (CTAs) no site, criação de landing pages, engajamento nas redes sociais, SMS e tudo que estiver no seu alcance para gerar vendas!

Guia rápido e prático sobre Black Friday
E-commerce na Black Friday

Em resumo, o consumidor da Black Friday 2019 está focado em qualidade, segurança, um bom preço e ainda possui algumas expectativas como: 

  • Integração mais presente de chatbots nas plataformas digitais
  • Melhora na inteligência artificial de sistemas de e-commerce
  • Otimização da área de “carrinho de compras”
  • Descontos reais com relação às ofertas do ano
  • Maior quantidade de produtos com desconto com relação aos anos passados
  • Ofertas e descontos na primeira quinzena de novembro
  • Segurança na hora da aquisição do produto ou serviço
  • Agilidade

Assim encerramos nosso Guia Prático de Black Friday com todas as informações para complementar o seu planejamento estratégico. Demos dicas de como se comunicar com seus clientes e ainda contamos um pouco sobre como nasceu essa data que hoje é tão esperada pelo comércio e varejo! Aproveite para ler a primeira parte desse conteúdo clicando aqui e para ver a segunda parte pode clicar aqui.

Quer saber como otimizar as suas vendas na Black Friday? Converse com a gente! Somos especialistas em trazer resultados

Gostou do conteúdo? Compartilhe conhecimento!