Dicas para criar uma landing page e aumentar suas conversões!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Dicas para criar uma landing page e aumentar suas conversões!

Se você está querendo impulsionar o seu negócio na internet, não pode deixar de lado o poder de uma landing page. No marketing digital, essa ferramenta é uma das mais importantes para transformar meros visitantes do seu site em leads. E quem sabe, até mesmo trazer mais clientes, não é mesmo?

Quando utilizadas de forma estratégica, as landing pages podem impulsionar o seu negócio de diversas formas. Tanto na geração de leads, construção de relacionamentos e, inclusive, vendas diretas. Que tal entender um pouco mais sobre elas e conferir algumas dicas de como construir landing pages que convertem ainda mais?

Mas afinal, o que é uma landing page?

Sabe quando você vê um e-book ou curso e é direcionado para uma página? E só pode conferir o material depois de deixar algumas informações de contato? Bom, isso são as landing pages.

Elas nada mais são do que páginas criadas com o objetivo específico de captar e converter visitantes em leads. De acordo com o site da Resultados Digitais:

Landing Page é uma página que possui todos os elementos voltados à conversão do visitante em Lead, oportunidade ou cliente.

Nelas, são incluídos formulários onde o usuário cadastra seus dados como nome, e-mail e telefone. Em troca, ele recebe algum material de valor, faz parte de alguma lista… Ou simplesmente demonstra seu interesse em compras os produtos ou contratar os serviços da empresa.

Como o objetivo de uma landing page gira toda em torno da conversão, todos os elementos que a compõem devem seguir essa ideia. 

Por isso, deixamos abaixo algumas dicas de como você pode criar uma landing page de sucesso, que vai aumentar ainda mais suas conversões!

Não utilize links externos

Você quer que o seu usuário converta, certo? Esse é o principal objetivo de uma landing page, e por isso você deve manter seus esforços para que ele continue na página até que, finalmente, converta. 

Por isso, a dica de ouro é: não utilize distrações que façam com que o usuário saia da sua página. Faça de tudo para que ele continue atento 

Alguns profissionais recomendam até mesmo que a barra de navegação seja removida dessa página, para que o visitante não acabe indo para outras páginas antes de converter. Se preferir, na página de agradecimento, após a conversão, você pode levá-lo a outras páginas e materiais. Mas nunca o faça antes.

Torne os formulários da sua landing page inteligentes

É por meio do formulário que o usuário irá realizar a conversão. Por isso, é preciso ter alguns cuidados para que você não colete informações de menos, sem nenhum dado que possa ajudá-lo a transformar esse visitante em um cliente, e nem peça informações demais, que podem fazer com que o usuário se canse e saia antes de se converter.

Por isso, é muito importante levar em consideração no momento de construir sua landing page qual é a etapa do funil de marketing em que ela se encontra. Se a sua landing page for de:

Topo: esse lead ainda está descobrindo seu problema. Por isso, peça informações simples, como nome e e-mail.

Meio: já pode começar a aprofundar um pouco nas informações, já que é hora de entender se o perfil do lead é bom para sua empresa. Insira outros campos, como cidade e cargo que ocupa na empresa.

Fundo: seu lead já está começando a considerar sua empresa, e agora você deve solicitar dados mais específicos, como telefone e qual serviço ele pode estar interessado.

Texto otimizado para o usuário

A maioria das pessoas não vai ler o seu texto do início ao fim. Elas querem frases curtas, rápidas e objetivas. Especialmente nas landing pages.

Os usuários vão bater o olho e escanear o seu texto, por isso é muito importante usar títulos chamativos, subtítulos que quebrem os blocos de texto e outros elementos, como bullets e listas. 

A forma como você escreve o seu texto é importante, mas o conteúdo também. Por ser um campo de oferta, sua landing page deve ser persuasiva, e evidenciar o valor e benefícios do seu material, sem se tornar muito apelativo.

Se possível, inclua também depoimentos de pessoas que se relacionem com a sua oferta. A prova social é um gatilho mental importante que confere mais credibilidade ao seu material. Além de ser um fator muito persuasivo para que o usuário decida se converter ou não.

CTAs que (realmente) chamem para a ação

Outro elemento importante para as landing pages é o CTA (call to action, ou chamada para ação). Basicamente, o CTA é um texto que faz com que o leitor tome uma ação. Ou seja, toda vez que você ler em algum site algumas chamadas como: 

  • Assine nossa newsletter
  • Inscreva-se para receber o e-book
  • Deixe seus dados para receber um orçamento
  • Cadastre-se para ficar por dentro dos novos produtos
  • Solicite um desconto

Você está olhando para um CTA. Logo, se você quer que o seu visitante se torne um lead, é importante que você seja direto. Com uma landing page, você oferece um benefício imediato, e não devem sobrar dúvidas do que ele irá receber quando oferecer suas informações. 

Destaque o que é mais importante na landing page

Para aumentar as conversões, sua landing page deve chamar mais atenção para o que você quer que o usuário olhe. 

O simples fato de destacar o formulário onde o usuário irá inserir suas informações, com uma simples caixa em volta, já faz com que o visitante fique atento àquela região.

Além disso, as cores também pode ser suas maiores amigas se você souber utilizá-las da forma certa. Do contrário, vão poluir sua landing page e fazer seu visitante fechar rapidamente. Insira cores contrastantes (amarelo, laranja, azul) apenas naquilo que você quer realmente despertar a atenção.

Utilize elementos para guiar a visão

Alguns elementos também ajudam na conversam, principalmente as setas. Utilizar setas é uma forma efetiva (e convenhamos, bem simples) de direcionar a atenção do seu usuário.

Isso porque somos treinados a seguir as direções que nos indicam. Veja as estradas, por exemplo, onde cada seta nos indica o caminho a ser seguido.

Saiba que nas landing pages elas também podem ser utilizadas para guiar o leitor para uma área específica. Mas é necessário cuidado para que seu uso não seja exagerado e polua a página.

Faça bom uso dos espaços em branco

Os designer sabem bem como o espaço vazio pode se tornar um dos recursos mais valiosos em uma página. O chamado whitespace, ou também espaço negativo, mesmo sendo esquecido muitas vezes, pode ajudar tanto no direcionamento da visão quanto os espaços ocupados.

Eles dão respiro ao conteúdo, ajudando na legibilidade dos textos e da própria tela. Além disso, essa técnica é muito utilizada por diversos sites para dar mais destaque aos elementos.

Veja o exemplo de uma captura de tela sem espaços em branco:

Imagem retirada do blog SpringBoard

E agora o exemplo real de como o simples fato de colocar mais espaço livre faz com que a página se torne mais atrativa:

Imagem retirada do blog SpringBoard

Viu como alguns elementos fazem toda diferença na hora de construir sua landing page? Compartilhe essas dicas nas suas redes sociais para ajudar mais empreendedores na criação das suas landing pages!