Storytelling: a importância das narrativas para sua marca

Em todo o lugar ouvimos falar sobre Storytelling. Para aqueles de vocês que ainda só ouviram falar, mas não pesquisaram o conceito a fundo, Storytelling é a capacidade de contar histórias de maneira relevante. Onde os recursos visuais são utilizados junto com as palavras. É uma forma de promover seu negócio sem precisar existir uma venda direta. Uma técnica que possui um caráter muito mais persuasivo do que invasivo.

Seu objetivo principal é justamente cativar seu público-alvo. Contando uma história com vocabulário adequado, enredo inteligente e provocativo, personagens que provocam identificação e com elementos visuais de suporte, sua marca cria uma narrativa e apresenta o produto de maneira sutil e se aproxima mais de seu público.

Isso nos traz diretamente a questão que queremos abordar aqui: qual é a importância do Storytelling para minha marca?

A maioria dos consumidores gosta de ver e ler histórias envolventes, com personagens reais ou que trazem pontos de identificação para nós. Não é segredo nenhum que os shoppers de hoje em dia gostam de consumir produtos que tenham um algo a mais por trás. Por isso que, na hora de pensarmos em ações de publicidade, não basta apenas falarmos sobre os produtos e seus preços.

Já ouviram aquela máxima: não venda a furadeira, venda o furo na parede? Então, é disso que estou falando aqui. Qual é a última propaganda que você se lembra? Ela fez você se emocionar? Levantou um questionamento? Trouxe algum sentimento seu à tona? Pois é, nós temos a tendência de ficarmos marcados por propagandas que mexem com nosso emocional.

Dentro da técnica do Storytelling, a empresa pode ajudar a contar histórias que mostram seus valores e crenças, o estilo de vida que a sua marca defende. Lembra quando falamos de branding, e como as pessoas estão comprando produtos pelo que eles significam mais do que pelo que eles são? Então, storytelling é sobre isso!

Separei aqui 05 dicas rápidas para aplicar esse conceito na sua marca!

  1. Autenticidade

Primeiro temos que entender que clientes valorizam honestidade, então seja fiel à mensagem que você quer passar, use detalhes e personagens reais.

  1. Escolha os personagens certos

Todo mundo gosta de heróis e vilões. As boas historias sempre são casos de “Bem vs. Mal”. Seu vilão pode ser o problema de seu cliente, e o herói a solução que você tem a oferecer. Por isso, procure personificar os valores da sua marca.

  1. Faça uso de gatilhos mentais

Quando utilizadas de maneira assertiva, cores e formas podem estimular certas respostas dentro do nosso cérebro. Então, utilize essas ferramentas como gatilhos mentais para alcançar respostas dentro de seus objetivos.

  1. Pense no formato

Como a história será veiculada? Será através de imagens? Um texto no seu blog? Uma série de vídeos no YouTube? Pense muito bem, pois o formato que irá definir se sua tática terá o efeito desejado ou não.

  1. Estruture sua narrativa com cuidado

Pense em todos os detalhes, desde inicio, conflito e resolução até os pequenos detalhes ao longo da narrativa. Fique atento ao ritmo que será imposto, mantenha seu público intrigado e ligado na história até o final.

Deu para entender um pouco mais sobre esse conceito? Na forma em que consumimos conteúdo atualmente, as narrativas são fundamentais para criar um vínculo entre a marca e seus consumidores. Procure investir em criar uma história para sua marca e depois conta pra gente como foi!

Gostou desse texto, confira mais conteúdos do nosso blog! Então, clique aqui e leia mais.

Abraços,

Equipe Thatto

Fernanda Pilão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *